Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

« Novembro 2018 »
Novembro
SeTeQuQuSeSaDo
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

diarioOficial (1).jpg

facebook-icon.png    twitter-icon.png

YouTube_Play.png    flickr.png

 
» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2015 Assistência Social promoverá ações de fortalecimento da Polícia Comunitária
10/10/2018 - 11h29m

Assistência Social promoverá ações de fortalecimento da Polícia Comunitária

Secretaria aproximará bases comunitárias dos serviços de assistência social

Assistência Social promoverá ações de fortalecimento da Polícia Comunitária

Atuação da Polícia Militar nas comunidades terá apoio social (Foto: Secom)

André Aguiar


Dona Solange Barros da Silva é moradora do bairro do Jacintinho e usuária dos serviços do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da comunidade. Seu filho, de 17 anos, presenciou cenas de violência no bairro onde moram. “Ele passou a noite sem dormir”, lembrou Solange.

Para ela, uma das alternativas para melhorar a qualidade de vida no local seria aumentar a segurança com ações que fortaleçam a cidadania da população. “A gente precisa de um trabalho articulado que possa saber as necessidades de quem mora aqui e atenda as nossas expectativas”, destacou.

A sugestão de Solange Barros será contemplada pelo Programa de Polícia Comunitária, que promoverá diversas ações que envolvem 12 secretarias estaduais, dentre elas a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), que vai colaborar na capacitação dos policiais militares sobre Direito Socioassistenciais da população de baixa renda.

“O processo de preparação desses militares é fundamental para que eles conheçam os serviços de assistência e possam encaminhar as pessoas da comunidade aos programas socais que tenham necessidade”, explicou a superintendente da Assistência Social da Seades, Aline Rodrigues.

As capacitações dos profissionais de segurança pública que vão atuar nas bases comunitárias acontecerão em seis reuniões a cada 15 dias, a partir de fevereiro, na Secretaria de Defesa Social e Ressocialização.

Dentro do Programa de Polícia Comunitária, a Seades fará, ainda, a articulação entre a base comunitária e os Cras, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). “Esta é uma ação intersetorial da área da Segurança Pública e da Assistência Social, que visa atender quem necessita de cidadania da melhor forma possível”, afirmou Rodrigues.

O Programa faz parte das ações previstas para o Plano de 100 dias do Governo do Estado e será coordenado pelo major PM Alexandre Ferreira. Além da Seades, outras secretarias participaram das ações do projeto. São elas: Cultura; Educação; Defesa Social e Ressocialização; Esporte, Lazer e Juventude; Gabinete Civil; Infraestrutura; Mulher e Direitos Humanos, Políticas sobre Drogas; Trabalho e Emprego; Saúde.

Ações do documento