Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

« Julho 2017 »
Julho
SeTeQuQuSeSaDo
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

diarioOficial (1).jpg

facebook-icon.png    twitter-icon.png

YouTube_Play.png    flickr.png

 
» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 Julho Mais de 60 municípios podem receber o Selo Unicef em AL
10/07/2017 - 11h05m

Mais de 60 municípios podem receber o Selo Unicef em AL

Com a iniciativa os municípios podem fazer parte de um grupo reconhecido internacionalmente por seus avanços em favor da infância e adolescência

Mais de 60 municípios podem receber o Selo Unicef em AL

O Selo é uma iniciativa da Unicef para estimular os municípios a implementarem políticas públicas voltadas a crianças e adolescentes (Foto: Renata Bello)

Texto de Renata Bello

67 municípios alagoanos estão aptos a receberem o Selo do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef). A informação foi dada pela representante das Nações Unidas no Nordeste, Jane Santos, que junto a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), buscará mobilizar e conscientizar os gestores municipais para adesão do termo.

O Selo é uma iniciativa da Unicef para estimular os municípios a implementarem políticas públicas, no intuito de reduzir as desigualdades sociais e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes.

“Isso significa também apoiar o município no desenvolvimento de estratégias de inclusão de grupos específicos, que já foram identificados por meio das nossas ações e inclusão no CadÚnico, como os indígenas, quilombolas e todas as crianças e adolescentes que compõem a diversidade cultural do nosso Estado. Quando os direitos da criança e do adolescente são garantidos, a comunidade se desenvolve e todo o município sai ganhando”, disse a secretária Executiva da pasta, Morgana Tavares.

“O Estado de Alagoas está em um momento de mudanças de indicadores. O governo do Estado mostra isso quando investe em diversas áreas, como educação, segurança e também na assistência social. Essa metodologia da Unicef nos abre mais uma porta de inclusão, vamos trabalhar para reforçar aos gestores municipais a importância de aderir ao Selo, que atuará como mais um mecanismo de desenvolvimento social”, completou.

Na avaliação da representante da organização no Nordeste, Jane Santos, a Seades é uma secretaria estratégica para envolver os municípios no compromisso com as políticas públicas e consequentemente, com a melhoria dos indicadores sociais.

“Sem dúvida o apoio da Seades será de extrema valia para que possamos envolver, nesta edição do selo, ainda mais municípios compromissados com o pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes” disse Jane

“Vemos a Seades como uma secretaria estratégica para a ampliação da proposta da Unicef. Percebemos no secretário Fernando Pereira uma pessoa muito acessível, que abre essa porta de diálogo com o Governo do Estado. Isso nos ajudará a trabalhar a intersetorialidade para vencer os desafios que a  implantação do selo nos impõe”, completou.

Lançamento Selo 2017-2020

O lançamento do Selo Unicef Edição 2017-2020 ocorreu na ultima segunda-feira (3), no auditório da Associação dos Municípios (AMA), em Maceió, com a presença da equipe da Unicef, a deputada Jó Pereira e o presidente da AMA, prefeito Hugo Wanderley.  Na ocasião os gestores municipais tomaram conhecimento do prazo final para adesão e os informes necessários que constam no regulamento.

“Os gestores municipais tem até o dia 31 de julho para fazer a adesão. Para isso precisam assinar o Termo de Adesão e Cadastro, após isso, nomear quem irá compor o Comitê Gestor no município. A partir disso o Unicef prepara e entrega os municípios os indicadores sociais oficiais mais recentes que serão monitorados ao longo do ciclo”, explicou.

Os municípios que registrarem avanços significativos ao fim do período de validação do selo, receberão um certificado da Unicef e passarão a integrar o grupo de municípios reconhecidos internacionalmente por seus avanços em favor da infância e adolescência.

Selo Unicef em Alagoas

Na primeira edição do Selo, ocorrida entre 2009 a 2012, Alagoas teve 67 municípios inscritos, ao fim, 12 receberam a certificação. Em 2013 foram 55 municípios inscritos, com 10 municípios certificados.

Este ano os municípios aptos são: Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belo Monte, Boca da Mata, Cacimbinhas, Campo Alegre, Campo Grande, Canapi, Carneiros, Chã Preta, Coité do Nóia, Coruripe, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Feira Grande, Feliz Deserto, Flexeiras, Girau do Ponciano, Ibateguara, Igaci, Igreja Nova, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Jequiá da Praia, Joaquim Gomes, Junqueiro, Lagoa da Canoa, Limoeiro de Anadia, Major Isidoro, Maravilha, Mar Vermelho, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Novo Lino, Olho d'Água das Flores, Olho d'Água do Casado Olho, d'Água Grande, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Paulo Jacinto, Penedo, Piaçabuçu, Piranhas, Poço das Trincheiras, Porto Real do Colégio, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São Brás, São José da Tapera, São Miguel dos Campos, São Sebastião, Senador Rui Palmeira, Tanque d'Arca Taquarana, Teotônio Vilela, Traipu, União dos Palmares e Viçosa.

Ações do documento