Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 Agosto CREN: alimentando sonhos
26/08/2019 - 10h47m

CREN: alimentando sonhos

Equipe Seades conheceu de perto trabalho desenvolvido pela instituição

CREN: alimentando sonhos

Foto: Luiz Luan

Por Fabíola Aguiar

 

Foi em uma das salas muito bem iluminadas e arejadas do  Centro de Recuperação e Educação Nutricional (Cren), que tem como missão potencializar a transformação e resgatar a vida de crianças entre 0 e 6 anos de idade subnutridas e em vulnerabilidade social, que a equipe da Secretaria de Assistência de Desenvolvimento Social (Seades), foi recebida por voluntários e colaboradores da instituição.

No momento da visita, acontecia duas oficinas para as mães, a de bordado singeleza e design de bolsas ministradas por Maria Eugênia, Soninha Lucena e Alina Amaral, que duas vezes por semana estão no Cren oferecendo as participantes uma oportunidade de aprender um novo ofício e melhorar a renda da família.

Mulheres como a Walkíria Santos, dona de casa que descobriu nas aulas de bordado singeleza uma terapia e uma possibilidade de fazer novas amizades e até comercializar o que for produzido por ela. “Aqui as vezes eu chego triste, mas a gente vai conversando uma com a outra e acaba esquecendo dos problemas. Até dá pra se inspirar e fazer mais coisas lindas como essas peças , afirmou a dona de casa que mora no conjunto Denisson Menezes, uma das áreas de atuação do Cren.

A ideia de oferecer oficinas as mulheres da região surgiu há cerca de 1 ano e meio, como maneira de interagir melhor com a comunidade. Enquanto as crianças são assistidas e recebem o carinho e o cuidado das monitoras do Centro de Recuperação, as mães são orientadas, desde a escolha dos materiais, o tipo de artesanato, à forma correta de vender seus produtos.

Na oficina de design de bolsas ministrada pela jornalista Alina Amaral, vários talentos já foram descobertos, como o da Ana Angélica, que também é dona de casa. Pra ela, os momentos em que passa aqui, não são apenas de aprendizagem para o trabalho, mas também para a vida. “Depois que entrei aqui, até minha paciência melhorou. Hoje eu estou mais tranquila para colocar em prática a minha ideia de criar uma cooperativa pra capacitar outras mulheres”, afirmou entusiasmada a dona de casa.

Pra quem trabalha com as mães, depoimentos assim, são uma recompensa e tanto. Soninha Lucena, uma das pioneiras em Alagoas na arte do bordado singeleza afirma que essa é a maneira de não deixar a cultura morrer. “Aprendi o bordado com D. Marinita, que aprendeu com D. Filó. Um ícone, em se tratando de “singeleza”. E pra mim, ensinar e ver essas mulheres perpetuando a arte me enche de orgulho. Quero poder ensinar até o fim dos meus dias,” afirmou Soninha.

A Maria Eugênia também é uma apaixonada pelo bordado singeleza. Arquiteta, aproveita para agregar design às peças produzidas pelas mães do Cren. "Sou uma estudiosa dessa cultura. A cada dia me encanto mais e poder ajudar a essas mulheres  a criarem novos produtos me enche de alegria", complementou a arquiteta.

O Cren é uma das instituições que receberam do Governo do Estado, via Seades, recursos do Fecoep (Fundo de Erradicação da Pobreza). Foram destinados à instituição mais de R$ 175 mil que contribuem para prestar assistência a mais de  7 mil jovens todos os anos. Até agora mais de 81 mil pessoas já foram atendidas na comunidade. Sendo 24.400 crianças. A instituição criada pela nutricionista Telma Toledo, é mantida por meio de doações e do trabalho abnegado de uma equipe multidisciplinar.

Para a equipe da Seades, que junto com o Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social João Lessa e o Deputado Federal Marx Beltrão, foi uma manhã de aprendizado e muita troca de experiência. Afinal, pudemos comprovar que por meio de uma gestão séria, é possível desenvolver um trabalho de excelência, que serve de exemplo para tantos outros na área de assistência social.

“Aqui, pelo que vimos in loco, toda a verba do Fecoep, que a secretaria destinou à instituição tem sido muito bem empregada. Oferecendo a essas pessoas, mais qualidade de vida e um futuro promissor a essas crianças”, afirmou João Lessa.

Já o Deputado Federal Marx Beltrão, afirmou que entidades assim merecem todo o apoio e atenção de colaboradores e governo. “Lá em Brasília, lutarei para conseguir mais verbas e ajudar a instituições como o CREN, a se manterem de pé. Prestando um trabalho incrível e bem feito como o que pude comprovar aqui. Contem comigo.” Destacou o deputado.

Ações do documento