Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

« Março 2019 »
Março
SeTeQuQuSeSaDo
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

diarioOficial (1).jpg

facebook-icon.png    twitter-icon.png

YouTube_Play.png    flickr.png

 
» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 Fevereiro 67 municípios participam da 1ª reunião Colegiado de Gestores da Assistência Social
01/02/2019 - 18h05m

67 municípios participam da 1ª reunião Colegiado de Gestores da Assistência Social

Programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa foi um dos temas discutidos

67 municípios participam da 1ª reunião Colegiado de Gestores da Assistência Social

Abertura do evento contou com a presença da secretária de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Edenilsa Lima, que teve a oportunidade de conhecer os gestores e técnicos

Texto de Renata Bello

Gestores municipais e trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social de Alagoas se reuniram, nesta sexta-feira (01), no auditório do Conselho Regional de Psicologia, em Maceió, para o primeiro encontro do ano da do Colegiado Estadual de Gestores Municipais da Assistência Social (Coegemas) em 2019.

A abertura do evento contou com a presença da secretária de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Edenilsa Lima, que teve a oportunidade de conhecer os gestores e técnicos dos 67 municípios presentes. Na ocasião, Edenilsa desejou um ano produtivo, de muito diálogo e trabalho para todos. 

“É importante preparar os novos gestores e também aqueles que já trabalham com serviços socioassistenciais nos municípios, neste início de ano. É com diálogo que podemos minimizar dúvidas e contribuir na superação das dificuldades encontradas para implementação e organização do SUAS nos municípios”, explicou a secretária. 

“Vamos dar continuidade aos importantes programas e serviços socioassistenciais que já vem sendo executado pelo Governo de Alagoas, por meio de Seades e vamos trabalhar com foco  em uma gestão descentralizada. Descentralizar a política de assistência social significa dividir decisões as responsabilidades. Isto é dar autonomia para que os municípios atuem a partir das demandas de seus territórios”, concluiu. 

O Programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa também esteve entre os assuntos abordados. A iniciativa foi apresentada aos municípios pela secretaria de Assistência Social de São Miguel dos Campos, Decite de Sá.  Segundo Decite, o programa tem foco nos idosos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, e vai reunir ações dos setores governamentais, organismos internacionais e instituições públicas e privadas.

 

“A palavra chave da política de assistência social é a proteção. Vários órgãos estão se envolvendo para fortalecer as políticas públicas voltadas para a pessoa idosa. Precisamos, inicialmente, capacitar e se apropriar desta causa. A recomendação primordial é orientar que todos os municípios estejam com o conselho da pessoa idosa em pleno funcionamento”, explanou. 

Ainda no encontro, a Seades esclareceu dúvidas dos técnicos quando a questões de responsabilidade financeira e orçamentária, como o demonstrativo sintético do SUAS WEB. Documento que deve ser, obrigatoriamente, preenchido todos os anos pelos municípios. O relatório é o instrumento de prestação de contas do cofinanciamento federal dos serviços continuados de Assistência Social.

Na avaliação da gerente de Planejamento e Orçamento da Seades, Valéria Melo, a prestação de contas é etapa obrigatória no processo de financiamento é tão importante quanto utilizar o recurso, é prestar conta dele.

“Além das orientações passadas hoje, vamos também fazer uma série de capacitações regionalizadas para auxiliar os municípios a preencher este documento. Nosso objetivo é sanar todas as eventuais dúvidas, pois o não preenchimento dentro do prazo previsto, implica na suspensão do repasse dos recursos essenciais para os municípios como o IGD-SUAS e do IGD-PBF”, ressaltou Valéria Melo.

Ações do documento