Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Dezembro 2020: Seades dá continuidade ao fomento de projetos importantes para Política de Assistência Social
31/12/2020 - 11h44m

2020: Seades dá continuidade ao fomento de projetos importantes para Política de Assistência Social

Além de capacitações para pessoas em vulnerabilidade, a Secretaria ainda investiu em ações de impacto direto à população durante pandemia

2020: Seades dá continuidade ao fomento de projetos importantes para Política de Assistência Social

Texto de Luiz Luan

 

Com o objetivo de fomentar a Assistência Social em Alagoas, visando ao desenvolvimento humano da população mais vulnerável, uma das principais competências da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) é a articulação de projetos e convênios para o apoio a instituições que promovem a política assistencial no estado. E em 2020, um ano atípico de pandemia, não poderia ser diferente. 

Logo em maio, a Seades firmou a renovação de convênio com o Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN) pelo segundo ano consecutivo. O Centro acolhe e realiza o acompanhamento de crianças em situação de desnutrição do Conjunto Denisson Menezes, localizado em Maceió, no bairro Cidade Universitária. A parceria com a Seades dá continuidade ao curso de bordado e renda, voltado à capacitação de 150 mães de crianças assistidas pela instituição.

Além de prover sustento a essas mulheres, com a comercialização dos artigos produzidos no curso, o projeto ainda levou em conta a atual situação de pandemia pelo vírus Covid-19 e incentivou a produção de máscaras de tecido para distribuição em comunidades de alta vulnerabilidade social, movimentos sociais e instituições de caridade. Apenas na primeira etapa da capacitação, foram produzidas 40 mil máscaras, confeccionadas de acordo com as orientações do Ministério da Saúde.

Ainda com o objetivo de diminuir a proliferação do vírus entre pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social, a Seades implantou o Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS), em Maceió, para pessoas diagnosticadas com a Covid-19 que não podiam cumprir, em isolamento, o período de 14 dias de contaminação. Além de realizar o acolhimento voluntário, a equipe do Cais fez a busca por potenciais infectados em diversos bairros da capital e em municípios do interior, quando solicitada por instituições interessadas. Durante os dois meses de atividade, o CAIS acolheu 70 residentes e realizou 5 mil testes no estado.

Além disso, a Escola Estadual Dr. Francisco Melo, onde foi instalado o CAIS, foi beneficiada com câmeras de monitoramento, computadores, mesa de jogos, mesas de cozinha, armários, pintura, reforma do ambiente e a construção, após o encerramento das atividades do Centro, de uma quadra esportiva e um refeitório. Diversos outros objetos restantes do acervo do CAIS, como camas, colchões, travesseiros, mantas, toalhas, artigos medicamentosos e de higiene, máscaras e material de EPI, foram doados a abrigos, unidades de internação e acolhimento, e casas de passagem da capital e do interior do estado.

Em 2020, foi inaugurada em Piaçabuçu a cozinha industrial da Associação Aroeira. O projeto “Cozinhar com Ecossustentabilidade” teve fomento da Seades no valor de R$ 275.843,13, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (FECOEP). A ideia é utilizar os recursos ambientais do Litoral Sul alagoano para a realização de aulas teóricas e práticas de capacitação em cozinha sustentável, gerando renda aos participantes por meio dos alimentos produzidos, promovendo a culinária local. Na ocasião da inauguração, 46 mulheres já haviam sido capacitadas nos cursos e estavam aptas a reproduzir e comercializar as receitas.receitas.

Neste ano, foi assinado o Termo de Fomento para a criação do Centro de Formação e Inclusão Social Irmã Blandina, que será implantado na Associação Espírita Nosso Lar. O projeto tem como objetivo ofertar cursos gratuitos de capacitação profissional, de alfabetização de jovens e adultos e de preparação para o Enem, além de aulas de música e ballet para as 600 famílias inscritas no programa, atendendo a mais de 2.400 de forma indireta. O fomento da Seades prevê a construção de doze salas de aula, além das quatro já existentes, biblioteca, horta comunitária e espaço de convivência.

Para fechar 2020, a Seades, em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), por meio de recursos do FECOEP, confirmou a implantação de mais um Restaurante Popular estadual. O equipamento funcionará nas dependências do Estádio Rei Pelé, no bairro Trapiche da Barra, e oferecerá refeições com valores acessíveis de R$ 2,00 no almoço e R$ 2,50 no jantar. Ao todo, serão servidos 1.250 almoços e 1.000 jantares por dia, de segunda a sexta, com livre acesso para a população.

 

Projetos em continuidade

Além dos projetos que foram iniciados e desenvolvidos durante 2020, a Seades também supervisionou e deu continuidade a fomentos de anos anteriores. Dentre estes, destaque para o município de Jaramataia, onde a Instituição Olavo Barbosa de Oliveira implantou uma unidade de experimentação que utiliza água de reuso na produção de redes em Bordado Filé, usando algodão orgânico como principal matéria-prima. O tecido é produzido por mulheres pescadoras artesanais e agricultoras familiares no curso profissionalizante de corte e costura promovido pelo projeto.

Outro destaque encontra-se em Palmeira dos Índios, no Instituto Bem Estar Social. O projeto “Corte e Costura Solidária” também profissionaliza, capacita e acompanha mulheres inscritas em curso de corte e costura gratuito, promovendo a comercialização dos produtos no município e gerando renda para as participantes.

Todos esses projetos só confirmam a importância do trabalho contínuo da Seades na manutenção, fiscalização e incentivo da Política de Assistência Social em Alagoas. Tudo em prol do bem-estar da população em situação de vulnerabilidade social e da sociedade alagoana como um todo.

Ações do documento