Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Julho Equipes que atuarão no Centro de Acolhimento e Isolamento Social participaram de capacitação com consultoria especializada
21/07/2020 - 11h00m

Equipes que atuarão no Centro de Acolhimento e Isolamento Social participaram de capacitação com consultoria especializada

Reunidos nas dependências da Seades, as equipes receberam esclarecimentos sobre a logística do trabalho a ser desenvolvido

Equipes que atuarão no Centro de Acolhimento e Isolamento Social participaram de capacitação com consultoria especializada

Texto Karina Lima Moraes

 

As equipes que atuarão na linha de frente no Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS) participaram, ontem (20), de capacitação com consultoria especializada. Reunidos nas dependências da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), os profissionais receberam orientação sobre a logística do dia a dia de trabalho a ser desenvolvido durante o período de funcionamento do Centro. 

Estiveram presentes enfermeiros, técnicos em enfermagem, bombeiros civis, auxiliares administrativos, copeiros, cozinheiros, controladores de acesso, porteiros e agentes de limpeza. A capacitação tratou das atribuições de cada um deles; das orientações sobre suas funções no ambiente de acolhimento; dos procedimentos para otimizar o trabalho em equipe; das condutas de higiene necessárias, e da aparamentação e desparamentação dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s).  

Além desses profissionais, o Centro contará, ainda, com coordenador geral e coordenador administrativo. Os trabalhos serão desenvolvidos em turnos diurno e noturno, durante 24 horas por dia. Ao todo, 40 profissionais acompanharão os residentes. A remuneração será diária, com alimentação incluída.

 

O CAIS

Devido às fortes chuvas no último fim de semana, as obras de reforma da Escola Estadual Dr. Francisco Melo, onde ficará instalado o Centro, sofreram um pequeno atraso. A inauguração, marcada para quinta-feira (23), teve de ser adiada. O evento acontecerá na próxima segunda-feira (27), às 10h.

O CAIS  irá abrigar pessoas em situação de vulnerabilidade social que, infectadas com o coronavírus, não precisem de internação hospitalar, mas não disponham de ambiente adequado para cumprir, com segurança, os 14 dias de isolamento. Como uma extensão domiciliar, o Centro irá fornecer dormitórios e alimentação, além de uma estrutura que possibilite a permanência voluntária no local. Ele funcionará inicialmente por 60 dias, mas o prazo poderá ser renovado por mais um mês.

O Centro não é um posto médico, nem uma unidade hospitalar. Os profissionais farão o acompanhamento do estado clínico geral dos residentes. Para ingresso no CAIS, é necessário o diagnóstico de confirmação da COVID-19, por meio de testes laboratoriais, autonomia de locomoção e posse da medicação prescrita para o tratamento. O encaminhamento deve ser solicitado à rede de saúde. O CAIS poderá receber até 156 residentes, tendo condições de chegar a 500 em sistema de rodízio.

A Seades estará recebendo doações de livros, jogos e passatempos a serem disponibilizados aos residentes. O objetivo é mantê-los voluntariamente no Centro durante todo o período de isolamento necessário à plena recuperação, evitando que se tornem potenciais vetores de transmissão do vírus. As doações podem ser feitas na própria Secretaria (Rua Comendador Calaça, nº 1399, Poço), ou no CAIS (Escola Estadual Dr. Francisco Melo, Conjunto Moacir Andrade, Benedito Bentes).

Ações do documento