Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 Abril Mais da metade dos beneficiários do Programa Bolsa Família receberam Auxílio Emergencial no estado
30/04/2021 - 00h00m

Mais da metade dos beneficiários do Programa Bolsa Família receberam Auxílio Emergencial no estado

Pagamento do mês de abril se encerra nesta sexta-feira (30) com mais de 284 mil famílias contempladas

Mais da metade dos beneficiários do Programa Bolsa Família receberam Auxílio Emergencial no estado

Reprodução: Agência Brasil

Texto de Karina Lima Moraes

 

O pagamento do mês de abril do Programa Bolsa Família (PBF) se encerra nesta sexta-feira (30). Do total de 411.681 beneficiários no estado, 69% deles receberam o Auxílio Emergencial 2021, o que corresponde a 284.423 famílias contempladas. Alagoas tem uma cobertura de 103% de beneficiários do PBF.

Aqueles que recebem um valor abaixo do recurso pago pelo  Auxílio Emergencial têm direito às quatro parcelas previstas em 2021. Os valores variam de acordo com o perfil dos beneficiários: famílias contempladas com até R$ 89 reais - benefício básico do PBF - irão receber R$ 150, recurso correspondente a famílias unipessoais; para aqueles que recebem até R$ 180 - e não são mulheres chefes de família - serão contempladas com R$ 250; mães chefes de família receberão R$ 375. 

Os valores habituais do PBF estão suspensos enquanto durar o Auxílio Emergencial. Quando se encerrar o pagamento das quatro  parcelas, o PBF retorna a seus valores normais. O cronograma de retirada foi estabelecido a partir do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. 

“Conforme já anunciado, um percentual de famílias beneficiárias do Bolsa Família irá receber o Auxílio Emergencial, por este ser mais vantajoso para as famílias. Assim, no nosso estado, mais de 284 mil famílias receberam o benefício do Auxílio Emergencial. Por exemplo, uma família que recebe R$ 89, neste mês recebeu R$ 150, pois é o valor pago pelo Auxílio Emergencial. O montante de recurso transferido pelo Governo Federal para  o Estado de Alagoas é superior a 120 milhões de reais”, explicou Maria José Cardoso, coordenadora estadual do Programa Bolsa Família e do CadÚnico. 

 

Auxílio Emergencial 

 Os critérios de elegibilidade ao Auxílio Emergencial 2021 continuam os mesmos de 2020. Não é necessário solicitar o benefício nem atualizar os dados cadastrais no CadÚnico, ou em aplicativos e sites da Caixa Econômica Federal. No entanto, não haverá novos cadastros e o auxílio será concedido a apenas uma pessoa por família.

 Os elegíveis ao Auxílio Emergencial em 2020 receberão automaticamente as parcelas de 2021. No entanto, é preciso que se cumpram algumas exigências, como, entre outros requisitos, não ter emprego formal ativo, não haver recebido recursos financeiros provenientes de benefício previdenciário ou de programas de transferência de renda, exceto o PBF, e não possuir renda familiar mensal per capita acima de meio salário-mínimo.

 
Ações do documento