Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 Março RP mantém atendimento regular na modalidade “pegue e leve”
29/03/2021 - 16h05m

RP mantém atendimento regular na modalidade “pegue e leve”

Como forma de evitar filas, espaço com cadeiras foi disponibilizado para acomodar até 70 pessoas em atendimento

RP mantém atendimento regular na modalidade “pegue e leve”

Texto Karina Lima Moraes

 

O Restaurante Popular Prato Cheio (RP), localizado no bairro do Benedito Bentes, mantém atendimento regular no fornecimento de quentinhas na modalidade “pegue e leve”. Para evitar filas no estabelecimento, desde a última sexta-feira (26), o RP disponibilizou espaço com cadeiras - respeitando o distanciamento social controlado - para acomodar até 70 pessoas em atendimento. 

A  empresa responsável pelo fornecimento da alimentação ajustou-se ao serviço integral no sistema de quentinhas e garante, de segunda a sexta, alimentação a 1.250 pessoas em situação de insegurança alimentar. Ao valor de R$ 2,00, o atendimento funciona de acordo com as normas sanitárias, respeitando os protocolos de combate à Covid-19, como o uso obrigatório de máscaras e a higienização com álcool em gel.

O Superintendente de Segurança Alimentar e Nutricional, Hélvio Soares, explica a atual dinâmica do RP e pede à população que evite antecipar a ida ao estabelecimento, que funciona das 11h às 14h, como forma de prevenir a formação de filas. “Disponibilizamos 70 cadeiras para que os usuários possam esperar a sua quentinha com mais comodidade. Contudo, solicitamos que não cheguem muito cedo, a fim de evitarmos aglomerações e filas”. 

Em cumprimento do Decreto Nº 73.650, de 15 de março de 2021, que estabelece a fase vermelha do Protocolo de Distanciamento Social Controlado, desde a sexta-feira (19), o RP desativou o bandejão, mas manteve o fornecimento de alimentação na modalidade “pegue e leve”. A Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), responsável pelo equipamento, reduziu em R$ 0,50 o preço das quentinhas, descontando o valor da embalagem, enquanto o decreto governamental estiver em vigência.

Ações do documento